segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Embaixador russo é morto por atirador na Turquia

Do UOL
Andrei Karlov, embaixador da Rússia na Turquia, foi morto, hoje, por um atirador enquanto visitava uma galeria de arte em Ancara, capital turca. O responsável pelo ataque é um membro da polícia da Turquia e gritou "Allahu Akbar" ("Alá é grande") em defesa da Síria, de acordo com um fotógrafo da agência de notícias AP que estava presente no local.
O atirador foi morto no local por forças de segurança. Ele foi identificado pelo Ministério das Relações Exteriores da Turquia como Mevlut Mert Altintas. O atirador tinha 22 anos e trabalhava para uma tropa de choque da polícia de Ancara nos últimos dois anos e meio.
A Rússia considera o episódio um "ataque terrorista", mas nenhuma organização assumiu a autoria do ato até aqui; "Hoje em Ancara, como resultado de um ataque, o embaixador da Rússia na Turquia foi morto", disse Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo. O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidos), também reconheceu como um ataque terrorista.
De acordo com o jornal norte-americano Washington Post, o atirador gritou frases em defesa da Síria. "Não esqueçam de Aleppo! Não esqueçam da Síria! Vocês não ficarão seguros até que nossas cidades tenham segurança. Somente a morte pode me levar daqui. Nós somos aqueles que prometeram fidelidade a Maomé para fazer a jihad (guerra santa)".
O responsável pelo ataque teria mostrado uma identificação oficial para entrar na galeria de arte. Ainda não é claro se ele estava no local a serviço ou não. De acordo com a CNN turca, a irmã e a mulher do atirador foram detidas na cidade turca de Aydin.


Uma foto do embaixador momentos antes de sua morte mostra o atirador posicionado logo atrás de Karlov, à esquerda.
O embaixador foi ao local prestigiar uma exposição chamada "Rússia vista pelos turcos", patrocinada pela embaixada.
Um vídeo da cena mostra o embaixador fazendo um discurso antes dos tiros começarem. Em meio a gritos de outras pessoas que estavam no local, o atirador aparece por trás do embaixador, já caído no chão, e grita palavras de ordem.
Karlov chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Três outras pessoas também foram feridas no ataque, mas não estão em estado grave.
Segundo o site britânico The Independent, o prefeito de Ancara Melih Gokcek afirmou a repórteres do lado de fora da exposição que o ataque visava desestabilizar as relações entre Turquia e Rússia.
Os dois países têm tido uma relação delicada nos últimos anos. Ambos defendem lados contrários na guerra civil síria. O ápice da turbulência dessas relações ocorreu em 2015, quando um jato militar russo foi abatido pela Turquia, que acusou invasão de espaço aéreo.
Rússia, Irã e Turquia têm reunião sobre a Síria nesta terça
Os ministros das Relações Exteriores de Rússia, Irã e Turquia irão se reunir em Moscou nesta terça-feira (20) com o objetivo de buscar uma nova solução para a cidade síria de Aleppo.
Rússia e Irã estão no mesmo lado da Síria, onde apoiam o regime de Bashar al-Assad, tanto política como militarmente, já que os aviões russos e as milícias iranianas participaram ativamente nos combates.
Enquanto isso, russos e turcos aproximaram posturas nas últimas semanas, até o ponto de que o acordo de evacuação de civis e combatentes rebeldes da cidade de Aleppo foi fechado pelo chefe do Kremlin, Vladimir Putin, e seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan.
No último domingo (18), houve protestos na Turquia por causa da intervenção russa na guerra civil da Síria. A Turquia é membro da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e apoia grupos rebeldes.

NOVO PREFEITO, VICE E VEREADORES, SÃO DIPLOMADOS NO MUNICÍPIO DA PEDRA-PE




 Amigos, correligionários, políticos e populares, lotaram a Câmara de Vereadores da Pedra, na última quarta-feira (14), para assistirem a cerimônia de diplomação do prefeito, vice e vereadores eleitos no pleito de 2 de outubro passado. O evento foi marcado por muitos aplausos e manifestações de apoio, principalmente ao prefeito, agora diplomado Osório Filho e ao seu vice Mecinho.


 Dos onze vereadores que forma o legislativo pedrense, oito conseguiram renovar o seu mandato por mais quatro anos, duas mulheres fazem suas estreias no legislativo, e um vereador retorna a casa. Na lista dos reaprovados pela população está o atual presidente da Câmara, Júnior Vaz, que este ano conseguiu ser o mais votado e vai cumprir o seu segundo mandato; o vereador Leandro, que em 2012 foi o mais votado e esse ano foi ultrapassado, ficando na segunda colocação, e também vai exercer o seu segundo mandato, além dos colegas Benevides, Tinan, Riva, Gó, Erick Tenório e Ernendes Diniz.
 Apesar de serem estreantes na Câmara, as duas mulheres eleitas em 2 de outubro e diplomada na última quarta, são bastante conhecidas da população pedrense. Auzira Diniz é esposa do vereador e agora vice-prefeito diplomado Mecinho. No governo Zeca Vaz, a jovem política esteve à frente por alguns meses da secretaria de saúde. Na campanha, Auzirinha, como é conhecida, conquistou a cadeira do marido com uma votação muito expressiva, ultrapassando a casa dos mil votos. Já Cleyde Braz é esposa do ex-prefeito Francisco Braz, que governou o município por 8 anos. Na era Braz, a então primeira dama comandou a secretaria de educação.
 Quem retorna ao legislativo depois de alguns anos sem obter sucesso nas urnas é o ex-vereador João de Olegário, a maior liderança política do povoado Tenebre e sítios circunvizinhos. Para muitos, o que mais contribui para o sucesso de João nas urnas nesse ano foi o fato de mesmo sem está ocupando nenhum cargo público, nunca deixou de ajudar os moradores da sua localidade.


 Muito aplaudidos, o então prefeito eleito Osório Filho e o vice Mecinho, assinaram o livro de diplomação e receberam das mãos do Juiz de Direito daquela Comarca, Dr. Caio Jomael, os diplomas de prefeito e vice-prefeito do município da Pedra. Em seu discurso, o agora prefeito diplomado pregou a união e disse que o município não tinha mais cor partidária.

 “Vamos deixar as cores nos palanques. É hora de nos unirmos para buscarmos o desenvolvimento de nossa cidade”. Já em relação a sua convivência com os vereadores de oposição, Osório disse acreditar numa convivência pacífica, e os projetos que serão prioridades em sua gestão não enfrentarão obstáculos por parte da oposição na Casa Legislativa. Segundo ele, o seu governo não terá espaço para as “picuinhas e falatórios”.

Fotos: Perfil do face de Osório Filho
Redação: Paulo Cesar